sábado, 31 de agosto de 2013

Nem Jesus foi unanimidade

Uma vez eu li uma frase que ficou na minha cabeça. Primeiro pensei que ela era de algum texto famoso e que se eu jogasse o fim dela no google eu ia encontrar ela inteira. Não encontrei, então, creio que se eu não tiver sonhado com a frase, ela é de alguma amiga minha. Enfim, ela diz algo do tipo: “você pode pensar ou fazer o que quiser comigo, só não me odeie porque eu não sei lidar com quem não gosta de mim”.

Acho que inventei a metade inicial da frase. Mas sei que desde que li o final ele nunca mais parou de martelar na minha cabeça. Outro dia voltou bem à tona, porque meu amigo comentou que uma professora nossa tinha dito pra ele que ele devia fazer alguém odiá-lo, só para aprender a lidar com isso, e eu pensei que obviamente não vou fazer alguém me odiar, mas seria um plano incrível para aprendizado de vida.

O fato é: Eu realmente não sei lidar com quem não gosta de mim. Mesmo que eu não goste da pessoa, ou não ligue a mínima pra ela. Se eu descubro ou sinto que ela não gosta de mim, eu vou surtar e tentar fazer com que ela veja que, no fim das contas, eu sou legal. E eu sinceramente ando pensando que não existe uma real necessidade disso.

Em Procurando Nemo, a Coral diz para o Marlin: São mais de 700 ovas, alguém tem que gostar de você. E eu reflito agora: São 7 bilhões de pessoas no mundo, alguém vai não-gostar de você. E é isso. Tem santo que não bate. Tua risada fora de hora vai fazer alguém torcer o nariz pra você. Teu tom de voz, sua cor favorita, o jeito como você coça a sua garganta ou range seus dentes, aquelas mesmas pequenas coisas que fazem algumas pessoas te amarem, certamente farão outras pensarem que o mundo seria um lugar melhor sem a sua presença. E por mais dolorido que pareça, essa é uma verdade absoluta da vida. Não tem como fazer todo mundo te amar.

E eu ando tentando me acostumar com essa ideia ultimamente. Porque as pessoas são meio malucas. Elas tem ideias do nada, elas mudam de gosto como mudam de roupa, e de repente uma de suas grandes amigas resolve cansar da sua existência sem que você faça uma grande burrada que realmente dê motivos para que ela se afaste. E é nessa hora que você olha o mundo em volta, ergue a cabeça, e é obrigado a pensar que é nadar, nadar e morrer na praia essa ideia suicida de tentar fazer todo mundo achar que você é super bacana. Ninguém é totalmente bacana. Se nem Jesus foi unanimidade, não somos nós, meros mortais, que precisamos tentar ser.

gifsapo

Update: Finalmente descobri a autora da frase! A querida da Larie se identificou nos comentários! E a frase correta é: “você pode vir falar comigo, só não vire meu inimigo, porque não sei lidar com quem não gosta de mim.” Amiga, obrigada pela pérola!

16 comentários:

  1. Há tanto tempo sem passar por aqui (ou comentar), mas acabei de ler o post da Dani sobre o Blog Day, vi seu link e, que grata surpresa!

    Tenho pensado muito sobre isso também nos últimos dias, e particularmente um trecho do seu texto fez mais sentido pra mim:

    "E eu ando tentando me acostumar com essa ideia ultimamente. Porque as pessoas são meio malucas. Elas tem ideias do nada, elas mudam de gosto como mudam de roupa, e de repente uma de suas grandes amigas resolve cansar da sua existência sem que você faça uma grande burrada que realmente dê motivos para que ela se afaste."

    Dói quando isso acontece e também dói quando um post me faz perceber que tudo que eu preciso fazer é "continuar a nadar" pra não ser sugada por essa corrente errada. Obrigada por me lembrar por onde seguir, Ana! ;)

    Um bom final de semana pra você! :D

    ResponderExcluir
  2. Eu também não sei lidar com gente que não gosta de mim. Acho que fico com aquilo tão cravado na cabeça, que me intriga, me desafia. Como se eu quisesse provar para a pessoa que ela pode gostar de mim. Mas o tempo melhorou bastante isso. E como não gostar de você, banana? Te amo!

    ResponderExcluir
  3. Continue a nadar, continue a nadar, nadar, nadar....
    Olha, eu não sei se tem pessoas que me odeiam, ou que não gostam de mim, deve ter, claro. Mas eu ignoro solenemente. Não to nem aí. Ué, não gosta, não gosta, fazer o que, né? Um dia de repente passa a gostar.
    Então para achar a solução....nadar! Continua nadando e segue a vida, seja você, etc etc.
    E ah! Não tem como não te amar, fala sério. <3

    ResponderExcluir
  4. ESSE TEXTO FOI ABSURDAMENTE GENIAL. Gente. Genial. No more words about it.
    Luv ya <3

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho passado por isso também! descobri que uma garota simplesmente me odeio - por motivos fúteis - e eu sou aquela pessoa que simplesmente cansou da existência de outra. É complicado, mas é a realidade.
    Adorei o text Analu! Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Como eu achei incrível seu texto, AnaLu! Saber que uma pessoa te odeia é muito complicado. E eu morro de medo de energias negativas e claro que quem odeia faz isso

    ResponderExcluir
  7. Me identifiquei demais, amiga! Eu até consigo conviver com alguém distante não gostando de mim, mas fico bolada quando uma pessoa que eu conheço cisma com a minha cara. Não sou boa em comprar briga com os outros, sou sempre boa praça e diplomática e acho que isso tem um pouco a ver com não saber lidar com o pouco apreço dos outros. Queria ser um pouco mais Renata nesse departamento, hahaha.
    Sempre lembro da Monica falando que ela tem uma necessidade desesperadora de agradar os outros, hahahaha, me identifico tanto!

    Te amo <3

    ResponderExcluir
  8. Ahhh, fui eu que escrevi o "você pode vir falar comigo, só não vire meu inimigo, porque não sei lidar com quem não gosta de mim." naquele meme da máfia, Analu!!! *-* Hahaha. Que lindo que cê se identificou. <3

    Mas é, eu passei a refletir sobre isso também e simplesmente não dá pra agradar a humanidade. E isso nasceu de uma menina que eu me aproximei e que depois tivemos uma briga/stalkeamento do cão e ela escreveu uma coisa no blog dela que me feriu TANTO, MAS TANTO que a lição de moral que aprendi disso tudo é: esqueça gente que não vale à pena.

    Sei que no meio do caminho a gente perde amigos assim, mas fazer o quê, é como você disse, as pessoas mudam.

    Beijo, flor! E que texto!! ♥

    ResponderExcluir
  9. Eu sou de Sagitário e, segundo todos os horóscopos, tem necessidade de que todos gostem dele. Então se eu souber que tem alguém que não gosta de mim, à principio vou ignorar e desejar que a pessoa se dane pra lá... Mas depois, com certeza, vou tentar mostrar que sou uma boa pessoa :)
    Ai, ai... Vai entender rs.
    Gostei pra caramba do texto ;)

    ResponderExcluir
  10. Hhahahahhahahahah AnaLu você é uma peça rara! Eu ja me incomodei muito com isso, ainda mais quando era criancinha, era muito triste não ter muitos amiguinhos, mas sabe que quando você tem pessoas ao seu redor que gostam de você os outros são só os outros, e acho que além de se acostumar com essa idéia de que sempre alguém não vai gostar de você, também é legal focar que quem gosta de ti já te basta, te faz feliz e etc... Eu só fico triste quando quem eu gosto não gosta de mim, mas eu continuo gostando porque sou louca mesmo hahahahah mas entendo seu drama!

    beijos!

    ResponderExcluir
  11. Me identifico tanto com suas postagens! Elas mexem comigo de um jeito que me faz pensar por horas e horas, e esse texto não foi diferente! Tinha um tempo que eu também me preocupava com quem gostava de mim ou não, mas depois de um tempo deixei pra lá. Eu só acho meio não recíproco, porque não sou alguém que odeie fácil as pessoas, então não me sinto confortável com gente que do nada começa a não gostar de mim por motivos irrelevantes. É bem chato, mas são coisas da vida que nunca conseguiremos explicar bem o porquê.

    Abraços :3

    ResponderExcluir
  12. Eu geralmente ignoro quem não gosta de mim. Fico pensando que não tem porquê ficar perto ou querer a atenção de alguém que não vai com a minha cara. Porque eu sou beeeeem chata com quem meu santo não bate. Não sei disfarçar e geralmente não consigo nem ficar no mesmo ambiente sem emburrar... Mas adorei o texto porque saber lidar com o fato de não agradar a todos é importantíssimo para evoluir, amadurecer. Meu problema mesmo são as críticas... elas me atingem de verdade. Um unlike em um vídeo meu já me deixa down hahaha. É algo que preciso trabalhar... Beijo, amiga!

    ResponderExcluir
  13. Bom dia *-*
    Eu tambem tenho essas coisas, de querer que todo mundo goste de mim kkkkkk é assim mesmo, nao da pra agradar todo mundo.
    Passando pra desejar uma ótima semana, fique com Deus..
    http://maybe-i-smiled.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Seu texto diz tudo, eu tbm não sei lidar muito bem, pq as vezes as pessoas não gostam da gente gratuitamente, ou pq não vão com a nossa cara ou por nada mesmo, é difícil de entender, mas provar que se é legal é perda de tempo!

    www.allanpenteado.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. COMO NÃO TE AMAR QUANDO VOCÊ CITA CORAL E MARLIN?

    Por favor, né.
    Aí vem a outra velha máxima: quem gosta de ti é porque não te conhece.

    Te amo!

    ResponderExcluir