sexta-feira, 7 de junho de 2013

Eu ganhei Cactos de presente

Uma vez, no meu aniversário de 8 anos eu ganhei uma rosa do meu vizinho e colega de classe. Foi bonitinho, poético, e obviamente coisa dos pais dele, que eram amigos dos meus, que também obviamente, acharam aquilo tudo muito mais fofo do que eu, que sorri, entreguei a flor pra minha mãe que a colocou em um vaso e não muito tempo depois ela morreu.

Eu acho flores bonitas. Acho lindo o gesto de quem as dá de presente e ainda espero receber algumas (querido namorado que eu não tenho, em aniversário de namoro elas são tipo obrigatórias, mas em datas não clichês é ainda mais bonito. Só não me mande um buquê na sala de aula, porque essa provavelmente será a última coisa que você fará na vida. Sou romântica.) mas preciso confessar que mantenho 5 recém-nascidos vivos e não consigo fazer as minhas flores durarem.

Ano passado eu comentei com um amigo que margaridas eram minhas flores preferidas, e não muito tempo depois saí da aula e ele me entregou um vaso delas. Embrulhadas em um laço cor-de-rosa. E não pensem besteira, foi só carinho mesmo. Aliás, só não. Porque carinho gratuito e tamanha atenção são detalhes raros nos dias de hoje. Então, meu amigo me deu um vaso de margaridas, e eu amei. E coloquei na minha cabeceira e beijei as florezinhas, e no dia seguinte minha mãe carregou o vaso pra área de serviço, onde existe sol. Mas eu esquecia de regar, e menos de 10 dias depois estava tudo preto. E fim.

Espero eu que, sem saber do trágico fim do meu vaso de margaridas, essa semana, esse mesmo amigo chegou com uma sacola da rua e disse que tinha lembrado de mim na rua e comprado um presente. E então ele tirou da sacola um vasinho com 4 micro-cactos, com florezinhas coloridas. Nossa amiga entendida de botânica logo acabou com nossa graça dizendo que são raríssimos os casos de cactos com flores, e que aquelas com certeza eram artificiais e estavam coladas ali. Tudo bem, pra mim eles tem florezinhas. E agora eu tenho um vasinho com 4 cactos na minha mesa de trabalho.

Achei interessante. Espero que ele não queira dizer, dizendo que lembrou de mim ao ver um vaso de cactos (!) que eu sou seca, dura, espinhenta e verde. Talvez ele saiba que eu não sei cuidar de plantas, e resolveu me dar uma que vai sobreviver e me deixar feliz. Talvez ele só tenha achado fofo mesmo e resolvido me dar, porque me acha fofa também. O que não é uma surpresa, visto que é isso o que as pessoas costumam achar quando nunca me viram de mau-humor.

O fato é que não importando muito o que ele pensou ao me dar aqueles cactos, eles me olham a tarde toda na minha mesa de trabalho. E sabe, andei pensando que cactos não são bonitos, mas são, sabe assim? E cara, eles são tão fortes. São a única planta que sobrevive no deserto. E eu acho que talvez olhar pra eles frequentemente seja algo bem bacana. Eles são pequeninhos, fortes e resistentes. E têm florezinhas, mesmo que elas tenham sido colocadas ali. E isso é bonito. E eu gosto de coisas bonitas.

cactus

12 comentários:

  1. Amiga,
    MB sempre me dá rosas em datas especiais (primeiro ano ele deu uma, no segundo duas, no terceiro três, hahaha, um dia me deu um buquê gigante, e esse ano me deu sete), mas parece que são tão caras. Nunca tive a indelicadeza de pesquisar, mas ele sempre diz que são MUITO caras. Do tipo que dava pra comprar uns dois livros no lugar.

    Aí, assim, acho lindo, mas também sofro de incapacidade de cuidar de plantas, então elas sempre morrem. Só que desde a primeira rosa que, quando vejo que ela está borocochô, enfio ela logo dentro de um livro bem pesado (aka Dicionário/Toda Mafalda) pra que ela seque! E tenho uma coleção de rosas sequinhas :)) Pelo menos elas ficam, né?

    Beijo!
    Amo você <3

    ResponderExcluir
  2. Olá colega, você poderia visitar meu blog e caso goste seguir? Adorei aqui, além do conteúdo esplendoroso um design totalmente incrível. Confira nossos posts de moda, livros, música, comportamento e muito mais. Te espero em?! Beijos, Julia.

    julia-nopaisdasmaravilhas.blogspot.com

    Seguindo aqui :)

    ResponderExcluir
  3. Gosto de cactos, não acho que sejam feios. Nunca ganhei planta nenhuma, não que eu me lembre. Quando eu morar sozinho, talvez tenha um desses. Eles são chiques e combinam com minimalismo.

    ResponderExcluir
  4. Cactus mesmo sendo cheio de espinhentos acho ele de uma delicadeza ímpar.
    Nunca ganhei flores mas iria gostar de ganhar cactus :)

    ResponderExcluir
  5. Minha mãe é como você e ama margaridas. Do tipo que beija a flor também. Mas acho que com o tempo ela aprendeu e agora faz elas durarem semanas. Eu gosto de orquídeas, mas como ninguém além do meu pai me deu flores e se me desse eu ia Bussularizar e esquecer de regar, eu quero mesmo é um vaso de orquídeas artificiais super convincentes que vi uma vez.
    Pena que elas não podem virar uma metáfora bonita como cactos. Mas ei, você é pequena, forte e resistente. E fofa, mesmo de mau humor.
    Beijo! <3

    ResponderExcluir
  6. Achei super válidos os seus cactos, Analu! Seu amigo teve uma intenção bem bonita de dá-los a você porque eles são bonitinhos (eu acho!) e são fáceis de serem cuidados e não murcham com facilidade, ou seja, hão de durar muito tempo! Sem falar que tem as florzinhas que dão um charminho maior! Adorei!

    Eu ainda não sei que flores mais gosto na vida, mas creio que são as tulipas. Já ganhei um buquê de rosas de um ex namorado, mas não me senti infinita porque ele me avisou antes que ia me dar (FAIL). Mas atingi o ápice da felicidade quando o meu namorado atual me deu uma única rosa vermelha E MEIO MURCHA HAHAHA no meio da universidade. Flores dependem do momento, eu acho. E se seu amigo te deu cactos assim tão espontaneamente (coisa que AMO), imagino que você deve se sentir muito feliz sim!

    Seus cactos são lindos, cuide bem deles. HAHA <3
    Beijo :)

    ResponderExcluir
  7. Corri aqui pra dizer pra você NÃO comer os cactos.

    Eu gosto muito de plantas e minha casa já tem o singelo apelido de Jumanji, que minha família deu. Quando eu era criança e alguém me perguntava o que eu queria ser quando crescesse, eu sempre respondia "jardineira". Ah, a infância.

    Acho plantas no geral muito aconchegantes, sabe? E tenho várias na minha casa, porque sempre achei tristes as casas que são cheias de móveis e coisas e tranqueiras mas sem nenhum vasinho de plantas. Nenhum verdinho.

    Plantas são vida. São natureza. Limpam os ambientes (dizem que plantas e animais sempre pegam a inveja e o mau olhado das pessoas ao invés de pegar em você) e esses dias eu ainda li que sempre onde estão plantas e flores estão também os anjos.

    Eu não acredito que vocês chegaram a achar que as flores são do cacto e eu acho qualquer plantinha bonita, mesmo cactos (eu tenho vários!). Dica de como cuidar: coloque no sol se puder e regue pouco, MUITO POUCO, de 10 em 10 dias só. Tipo, só um dedo de água. Não é porque você não regou as margaridas que agora vai matar um cacto afogado, né?

    Beijo!

    ResponderExcluir
  8. Ah, nem dá nada as flores não serem originais de fábrica! O importante é que são lindinhas e caíram super bem no look do cacto! No supermercado sempre tem vasinhos com cactos e toda vez fico super tentada em levar um pra casa, mas sempre acabo deixando pra uma próxima. Já tive plantas carnívoras, olhe só! Era pra um trabalho de ciência do ensino fundamental, mas acabei gostando delas. Só que caçar formigas pra alimentá-las se provou um ofício difícil aqui em Cwb, haha. Mas eu gostava delas.

    E respondi o meme que me indicou! Não sei se ficou tão gracinha quanto o seu, que era só poesia, mas adorei responder. (:

    Beijão!

    ResponderExcluir
  9. HAHAHA Que gracinha, gente! Ainda mais com florzinhas (sejam elas artificiais ou não, rs).
    Agora super quero ganhar um cacto de presente também :D

    ResponderExcluir
  10. Achei um amor teu cacto! Eu to há meses namorando uns na floricultura que eu passo todo o dia.
    Eu não sei cuidar de planta nenhuma, esqueço também e depois fico morrendo de pena. E eu quero ter um jardim na minha casa! Ai de mim.
    Acho que meu jardim vai ser inteirinho de cactos. <3
    Beijo!!

    ResponderExcluir
  11. Receber flores sempre caem bem, menos na sala de aula e trabalho. hahaha Eu adoro cactos. Daqueles pequeninos igual ao seu. Eu já tive um também.

    ResponderExcluir
  12. Que postzinho mais delicado e querido, amiga!
    Não tenho opinião formada sobre os cactos, mas o seu é um amorzinho. Aqui em casa tem dois, um vasinho pequetito e outro de tamanho médio, cujos espinhos SEMPRE prendem na minha roupa e atrapalham meu caminho, mas isso é longa história. Eu e mamãe temos um histórico de assassinato de pobres plantas e o vaso de margarida que eu ganhei no meu aniversário de 18 anos também morreu loguinho, mas fazer o quê, né?

    Beijos! <3

    ResponderExcluir